72ª Vuelta Ciclista del Uruguay – 8ª Etapa

A etapa mais longa desta edição da Vuelta teve 195km entre San Jose e Mercedes, e terminou com a quarta vitória do argentino Francisco Chamorro (Funvic).

Pelotão na estrada nesta 8ª etapa da Vuelta Ciclista del Uruguay.

Pelotão na estrada nesta 8ª etapa da Vuelta Ciclista del Uruguay.

Mesmo com a grande distância a ser percorrida, um grupo de 6 ciclistas atacou logo aos 30km de prova e chegou a abrir mais de 5 minutos de vantagem. Eles se mantiveram à frente da prova por mais de 100km, mas foram alcançados quando ainda faltavam cerca de 50km pelo restante do pelotão que se manteve compacto pela maior parte da etapa. O ritmo hoje foi relativamente lento, tanto pela distância e pelo vento quanto pelo momento da Vuelta: ontem foi a etapa mais veloz, e amanhã é o contrarrelógio. Sendo assim, os atletas optaram por preservar as pernas e a média de velocidade da etapa ficou em 37,8km/h.

Mas o ritmo aumentou, e muito, quando faltavam cerca de 20km para o final, fazendo o pelotão esticar. Os últimos quilômetros foram descritos como ‘alucinante’ por muitos atletas, e o público lotou a avenida para prestigiar a chegada em Mercedes. O vencedor foi mais uma vez o argentino Francisco Chamorro (Funvic Soul Cycling Team), completando a etapa em 5h09m49s. O líder da prova continua sendo o brasileiro William Chiarello (DataRo), que veste a camisa amarela desde a primeira etapa.

Willian Chiarello (Funvic Soul Cycling Team) venceu pela 4ª vez nesta edição da Vuelta.

Willian Chiarello (Funvic Soul Cycling Team) venceu pela 4ª vez nesta edição da Vuelta.

O avaiano Everson de Assis chegou em 17º lugar, e Gilberto Gois logo atrás em 56º, ambos no mesmo grupo do vencedor e portanto ficando com o mesmo tempo final neste dia. Matias Medici chegou após 24 segundos, e Eduardo Pini veio bem atrás 1m45s depois. Na classificação geral Matias está 04m49s atrás do líder, na 25ª posição. Apesar de já estar praticamente fora da briga pela classificação geral, Matias Medici tem boas chances de conquistar um lugar no pódio na próxima etapa.

O avaiano Matias Medici é um dos favoritos para a etapa de contrarrelógio deste sábado.

O avaiano Matias Medici é um dos favoritos para a etapa de contrarrelógio deste sábado.


 

NONA ETAPA

Neste sábado teremos a etapa que normalmente define as classificações finais da Vuelta: o contrarrelógio individual. O circuito terá 22,3km, em Fray Bentos. A 72ª Vuelta del Uruguay chega à sua reta final e termina neste domingo em Montevideo, depois de 10 etapas.

Para esta competição a equipe Avaí F.C./FME Florianópolis/APGF conta com os atletas Matias Medici, Gilberto de Veiga Gois, Everson de Assis Camilo, Edson Luiz de Resende e Eduardo Pini, sob a direção do ténico Diones Chinelatto. O grupo de apoio é formado por: Francisco ‘Chicão’ Severiano (dirigente), Matheus Valter da Silva (mecânico) e Vinícius Leyser da Rosa (assessor de imprensa).

A equipe Avaí F.C./FME Florianópolis/APGF conta com os seguintes patrocinadores:
Prefeitura Municipal de Florianópolis, WOA, ORBEA, OAKLEY, FTH.


Confira mais fotos desta oitava etapa da 72ª edição da Vuelta Ciclista del Uruguay:

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *