Tamires Radatz vence o Tour Feminino do Uruguai

A equipe feminina de ciclismo AVAÍ F.C./FME Florianópolis/APGF estreou a temporada de 2019 com uma vitória inédita: o Tour Feminino Internacional do Uruguai.

Esta foi a 3º edição do Tour, realizado no período de 17 a 20 de janeiro na cidade de Minas, capital do Departamento de Lavalleja. A competição foi disputada em 4 etapas e um contrarrelógio, com percursos entre 70 e 110km, e contou com a participação das principais equipes uruguaias e outras da Argentina, Paraguai, e Brasil, que foi representado pela equipe AVAÍ F.C./FME Florianópolis/APGF e FUNVIC Pindamonhangaba.

A primeira etapa foi vencida pela uruguaia Ana Seijas, que andou escapada por boa parte do dia e conseguiu se manter até o final. Tamires Radatz chegou logo atrás, junto ao pelotão principal.

1ª etapa do 3º Tour Femino do Uruguai. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Equipe de Florianópolis puxando o pelotão na primeira etapa do Tour Feminino do Uruguai de 2019. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com)

Na segunda etapa Tamires Radatz ficou em 5º após disputar um sprint final acirradíssimo com as principais atletas da classificação geral, que acabou sendo vencido pela brasileira Luciene Silva, da Funvic/Pindamonhangaba.

2ª etapa do Tour Feminino do Uruguai. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

Sprint final disputadíssimo na chegada da 2ª etapa. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com)

Mais tarde no mesmo dia foi disputado um Contrarrelógio Individual (CRI) de 8,7km, que Tamires Radatz venceu com 17 segundos de vantagem sobre a segunda colocada.  Foi o suficiente para colocar a atual campeã brasileira da modalidade na liderança da classificação geral com uma vantagem de 16 segundos sobre Luciene Silva, de Pindamonhangaba.

2019-Avai-Ciclismo-Feminino-Uruguai-Tamires-Radatz-CRI-Bike76

Campeã brasileira da modalidade, Tamires Radatz venceu o CRI do Tour Feminino do Uruguai. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com)

No terceiro dia foi disputada a penúltima e mais longa etapa, com 103km. Depois de muitos ataques ao longo do dia, o pelotão chegou junto e esticado ao final, com vitória da argentina Maribel Aguirre. A equipe de Florianópolis fez um ótimo trabalho e manteve a liderança de Tamires Radatz na classificação geral, agora com 12 segundos de vantagem.

4ª etapa do Tour Feminino do Uruguai. (Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76)

Tamires Radatz manteve a camisa rosa de líder do Tour depois da terceira etapa. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com

Na quarta e última etapa, Tamires Radatz aguentou a pressão da liderança numa disputa muito apertada com a brasileira Luciene Silva, que estava em 2º lugar na geral e disposta a conseguir virar o jogo atacando no final e vencendo. No entanto a atleta de Florianópolis conseguiu manter a liderança por apenas 1 segundo, assegurando o título de campeã do 3º Tour Feminino do Uruguai.

2019-Avai-Ciclismo-Feminino-Uruguai-Etapa4-2

Tamires Radatz chegou atrás mas manteve a liderança geral por 1 segundo. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com)

 

Tamires comemorou: “Essa vitória significa muito pra mim e para a equipe. Viemos almejando esse resultado há três anos e evoluímos muito a cada ano, como equipe. Esse ano vim muito confiante para o contrarrelógio, minha especialidade e consegui abrir uma boa vantagem e passei a ser a líder, conquistando a camisa rosa.

2019-Avai-Ciclismo-Feminino-Uruguai-Tamires-Radatz-1-Bike76

Tamires Radatz, campeã do Tour Feminino do Uruguai de 2019. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com)

 

Minhas companheiras de equipe fizeram um excelente trabalho para mantermos a liderança geral pois estava bem disputado a cada etapa, equipes muito fortes com o mesmo objetivo. Só tenho a agradecer minha equipe Avaí, técnico, auxiliar técnico, família e amigos.Tamires Radatz

2019-Avai-Ciclismo-Feminino-Uruguai-3-Bike76

Equipe Avaí FC/APGF/Florianópolis ao final do 3º Tour Feminino do Uruguai. Da esquerda para a direita: Ivan Hubert, Priscila Corso, a campeã Tamires Radatz, Sylvia Kreuger, Jéssica Ribeiro e o técnico Diones Chinelatto. (Foto: Luis Claudio Antunes / Bike76.com

Após conquistar o Ranking Nacional por equipes e o Campeonato Brasileiro de CRI em 2018, a equipe chegou mais madura, entrosada e preparada para essa temporada. O retorno para o Brasil com uma vitória logo na primeira prova do ano certamente anima todas para continuar nesta posição de destaque nacional.


A equipe foi representada pelas atletas:
Tamires Radatz, Sylvia Kreuger, Priscila Corso e Jéssica Ribeiro.
Comissão técnica: Ivan Hubert e Diones Chinelatto.


A equipe AVAÍ / FME Florianópolis / APGF agradece patrocinadores:
Prefeitura Municipal de Florianópolis – Fundação Municipal de Esportes

PLASC – Congelle – Sport Xtreme – LAYBACK PARK – DUX suplementos.


Informações completas sobre o Tour no site Bike76.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *