In Memorian: Edson Luiz de Rezende

Na manhã desta sexta feira, o ciclismo brasileiro perdeu de forma trágica um de seus atletas mais importantes.

Edson Luiz de Rezende, que era mais conhecido como Edinho, estava treinando com seu parceiro Orides Joel Lima, que é deficiente visual. A PRF informou que os ciclistas seguiam pela marginal da rodovia quando um caminhão fez conversão indevida à direita, provocando o atropelamento. Eles pedalavam uma bicicleta tandem, de dois lugares, e já estavam quase no final do treino. Edinho não resistiu aos ferimentos. Orides apenas teve escoriações na mão e passa bem.

A dupla de paraciclismo competia pela cidade de São José, vizinha de Florianópolis, e treinava para competições de nível nacional e também para o Parapan-Americano. No último domingo eles haviam conquistado a vitória na 2ª etapa da Copa Brasil de Paraciclismo, em Brasília.

Individualmente Edinho também competia na Elite do ciclismo brasileiro pela equipe do Avaí, de Florianópolis, com inúmeras vitórias e resultados importantes.

Nascido em São Paulo e há 15 anos morando em Florianópolis, Edinho foi um atleta de grande potencial. Em 2018 foi campeão do ranking catarinense de ciclismo, e sempre figurou entre os melhores atletas do estado. No paraciclismo, Edinho foi campeão nacional junto com o para-atleta Luciano Rosa em 2015, 2016, 2017 e 2018, além de terem conquistado o bronze nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, em 2015, sendo os primeiros atletas brasileiros desta modalidade a subir no pódio.

Edinho também era professor no projeto Ciclista Cidadão, que forma jovens ciclistas em Florianópolis e em São José. Com isso, era uma das poucas pessoas do Brasil que vivia totalmente do ciclismo, um sonho difícil de ser conquistado. O projeto continuará normalmente, com novos professores, garantindo o legado deixado pelo atleta.

O enterro será neste sábado, na Capela do Itacorubi. Durante a manhã está prevista uma grande pedalada em sua homenagem com diversos grupos da cidade, em especial o Novos Horizontes, que leva deficientes visuais para pedalar em bicicletas tandem. No domingo também está prevista uma homenagem na Via Amiga do Ciclista, local no qual o atleta realizava seus treinos de domingo em companhia de centenas de ciclistas.

Sempre alegre, brincalhão, e dotado de uma energia contagiante, Edinho certamente ficará na memória de todos que o conheceram.

Descanse em paz.

One Response to “In Memorian: Edson Luiz de Rezende

  • Meus sentimentos à familia e amigos, e que Deus possa confotar o coração de todos! 😢😢☹️☹️

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *